capa site flink 2

  • 06
  • 05
  • 04
  • 02
  • 01
  • 03

Phathar Mak, rapper campeão de vendas de discos em Angola, prestigia a FlinkSampa 2016

Phatar

António Alfredo Simão Macunge, ou simplesmente Phathar Mak, natural de Luanda, nasceu em 1976. filho de Alfredo Titi Macunge e Sara Helena Simão, ambos tocoísta Frequentou o instituto médio industrial de Luanda (IMIL) no curso, mas acabou por desistir para seguir carreira musical.

A arte lançou-lhe uma isca e ai ficou preso. Em 1987, após assistir o filme afro-americano Break dance, decidiu que queria ser bailarino. E nessa altura ganha o apelido de serpente.

Em 1991 começa a cantar e forma, com amigos, o grupo TD by NATURE (True Defensor by Nature). Verdadeiros defensores da natureza. Um grupo voltado para letras de intervenção social, dai surgiu a letra, bombas horríveis, um dos seus grandes sucessos.

Em 1994 é agraciado com o prémio de rapper em um concurso.

Em 1995 decide seguir carreira a solo. A partir dai participa de vários espectáculos, Feira Popular, e mais tarde, em 1999 o mega show de rap, Fulltime I e II, Hip hop zona, entre outros.

A sua música ‘’até morrer’’ foi a mais tocada por vezes em programas de rádio.

Em 2001, com os também rappers big nelo e kool klevah, os djs disco b e gmc, criaram o big show cidade.

Em 2005, lança aquele que seria o seu primeiro disco ‘’sangue suor e lágrimas’’, que na ocasião vendeu 5000 unidades , recorde ate então na portaria da rádio Luanda, principalmente para um disco de rap.

Um ano (2006) depois foi distinguindo pela Top Rádio Luanda como melhor rapper daquele ano. Tem contribuído em vários projetos discográficos, como nos discos de Presilia, Carina, Nelo Pain, Irmãos de Almeida e outros.

Em 2009 lançou o disco duplo ekos e fatos, o primeiro no repertório do hip hop angolano.

Criou o projeto encontro com a periferia de carácter social, juntamente com Delano, Gangasta e Filipe. Que consiste numa serie de show e palestras pela periferia, cujo objetivo de apoio aos menos favorecidos.

É esposo da rapper Dona Kelly e juntos têm duas filhas.

VOLTAR

                    Memorial

Copyright © 2016 FLINK SAMPA Afroétnica - Festa do Conhecimento, Literatura e Cultura Negra
How to get Coral Bonus full info