capa site flink 2

  • 05
  • 01
  • 06
  • 02
  • 03
  • 04

Seminário Internacional discutirá Liberdade em sua quinta edição

Observatorio

Num momento em que o mundo testemunha as mais fortes demonstrações de preconceito e intolerância, o Observatório do Negro da Faculdade Zumbi dos Palmares se lança no desafio de discutir o tema Liberdade. Já em sua quinta edição, o Seminário Internacional Educação, Conhecimento, Diversidade e Ações Afirmativas discutirá o tema “Eu Quero Liberdade: O Legado de Luiz Gama e a Luta pelos Direitos da População Negra Brasileira, que acontecerá nos dias 17 e 18 de novembro próximo, no Campus Barra Funda da UNINOVE, terá o grande desafio de responder como o ideal de Luiz Gama reverbera na vida de negros no Brasil e no mundo.

Luiz Gama foi um homem das letras e das ações. Filho de Luiza Mahin, grande liderança feminina negra que lutou na Revolta dos Malês e da Sabinada, nasceu na Bahia. Filho de fidalgo português, do qual se desconhece o nome, nasceu livre. Mas, com pai envolvido em dívidas de jogo, foi vendido como cativo aos 10 anos.

Ele tinha em suas veias o sangue do negro livre e fugiu do cativeiro. Serviu como soldado por seis anos e foi expulso da corporação por suposta insubordinação. Conheceu homens de letras e foi na área do Direito que descobriu as ferramentas necessárias para libertar seu povo.

Frequentou as aulas da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo como ouvinte em um tempo em que aos negros era proibida a frequência em instituições de ensino. Autodidata, aprendeu nas leis os caminhos que levariam negros e negras do Brasil à Liberdade. Neste sentido, qual é a Liberdade que a população afrobrasileira, atualmente, experimenta? O Seminário, então, visa discutir as liberdades existentes.

Para dar conta de responder esta questão, a atividade, de nível acadêmico, desenvolve 12 mesas de discussão que debaterão Mulher Negra e Liberdade, Política e Liberdade, Viver em Liberdade: a Questão dos Refugiados no Brasil, Liberdade e Trabalho, Liberdade de Expressão e de Imprensa, Liberdade Religiosa, Educação para Liberdade, Violência e Liberdade e o Movimento Black Lives Matter, dos Estados Unidos. Todas as mesas acontecerão no dia 18 de novembro.

No dia 19 de novembro, a discussão será conduzida pelos jovens. O debate “A Liberdade do Corpo: Autonomia e Interdição” será mediada pela UNE com participação do Coletivo de Estudantes, Pesquisadores do Observatório do Negro da Faculdade Zumbi dos Palmares, professores da UNINOVE e todos os jovens que se interessem pelo tema.

O seminário faz parte da programação da Faculdade Zumbi dos Palmares e Afrobras – Sociedade Afrobrasileira de Desenvolvimento Sociocultural que inclui a Flink – Sampa, Festa de Literatura Étnica, nos dias 18 e 19 no Memorial da América Latina e o Prêmio Troféu Raça Negra 2016, no dia 21 de novembro, na Sala São Paulo.

Interessados em participar dos debates podem se inscrever pelo site www.flinksampa.com.br. Inscrições GRATUITAS e com certificação.

VOLTAR

                    Memorial

Copyright © 2016 FLINK SAMPA Afroétnica - Festa do Conhecimento, Literatura e Cultura Negra
How to get Coral Bonus full info