capa site flink 2

  • 03
  • 04
  • 01
  • 02
  • 05
  • 06

Parceria entre Brasil e Angola promove 1º Prêmio Internacional de Investigação Histórica Agostinho Neto

Agostinho Neto

A vida e a obra de Agostinho Neto, presidente da Frente Popular pela Libertação da Angola e mais tarde o primeiro presidente da nova república, será o tema do Prêmio Internacional de Investigação Histórica Agostinho Neto. Promovida em parceria pela Fundação Dr. António Agostinho Neto (FAAN) e o Instituto Afro-brasileiro de Ensino Superior (IABES), representado pela Faculdade Zumbi dos Palmares (FZP). A premiação bianual busca contribuir para o melhor conhecimento sobre António Agostinho Neto, sobre Angola, Brasil, o continente africano e a diáspora, através dos afrodescendentes.
Sete membros, de Angola e do Brasil, compõem o júri. A comissão é presidida pelo professor Alberto Oliveira Pinto (Angola), pela professora Ana Paula Tavares (Angola), pelo reitor José Vicente e pelo professor Uelinton Farias Alves, ambos do Brasil, e pelo professor Jean-Michel Mabeko-Tali, representando o apoio da UNESCO, pela professora Vanicléia Silva Santos, também do Brasil, e, por último, por Irene Alexandra da Silva Neto.
Agostinho Neto fez parte da geração de estudantes africanos que desempenhou um papel decisivo na independência dos seus países naquela que ficou designada como a Guerra Colonial Portuguesa. Foi preso pela Polícia Internacional e de Defesa do Estado (PIDE), a polícia política do regime Salazarista então vigente em Portugal, e deportado para o Tarrafal, uma prisão política em Cabo Verde, sendo-lhe depois fixada residência em Portugal, de onde fugiu para o exílio. Foi quando assumiu a direção do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA), do qual já era presidente honorário desde 1962. Paralemanete, desenvolveu atividade literária, escrevendo poemas.
Tornou-se presidente em 1975. Sua luta pela independência do país trouxe o "Prêmio Lenine da Paz" e o título de Herói Nacional, comemorado em 17 de setembro, feriado nacional instituído em 1980 pela então Assembleia do Povo um ano após seu controverso falecimento, durante uma cirurgia, pouco antes de completar 57 anos.
Na foto, Agostinho Neto, líder do MPLA e primeiro presidente de Angola será tema de Prêmio de Investigação Histórica.

VOLTAR

                    Memorial

Copyright © 2016 FLINK SAMPA Afroétnica - Festa do Conhecimento, Literatura e Cultura Negra
How to get Coral Bonus full info