barra-superior-carolina

Carolina vive em interpretação de Wilson Rabello

interpreta-carol-1

Ouve-se uma voz que surge não se sabe bem de onde. Um som de chocalho acompanha a voz que, suave, canta uma canção como se pedisse licença para falar. Assim começa a interpretação de Wilson Rabello que caminha vagarosamente pelos corredores da Galeria Marta Traba – no Memorial da América Latina - onde diversas Carolinas estão expostas. Vestido em roupas de algodão cru e munido apenas de pedaços de papel de pão, ele interpreta Carolina Maria de Jesus.

Continue Lendo

ImprimirEmail

Editoras apresentam conteúdos para implementação da lei 10.639

editoras1
A Flink Sampa abrigou grande número de editoras com publicações de temática racial. Enfraquecendo o discurso de que não há material para utilizar em sala de aula que muna os docentes para a implementação da Lei 10.639/2003, inclusive essa Lei foi responsável  por alterar a Lei de Diretrizes e Bases (Lei nº. 9394/1996) e tornou obrigatório o ensino da História e Cultura Afro-Brasileira no ensino fundamental e médio.

Continue Lendo

ImprimirEmail

José Vicente clama por Zumbi

reitor-agradece

Diariamente quando iniciamos as nossas atividades sempre agradeço ao Zumbi dos Palmares pela coragem, zelo e persistência. Assim, busco seguir os meus ideais, como reitor, administrador e idealizador da Flink Sampa, lembra Vicente. Além disso, abrir a palestra da ativista Graça Machel, nesta tarde da II edição é apresentar ao povo paulista, paulistano e do mundo inteiro mais elementos pra conhecer, compreender e conscientizar-se, da contribuição da trajetória do negro para a sociedade brasileira. O reitor lembrou ainda que esses momentos contribuem na reflexão, conhecimento e superação. Zumbi, Zumbi dos Palmares, tu és grandioso e significativo para a comunidade negra.

ImprimirEmail

Jair Oliveira conectado com o público da Flink Sampa

jair-oliveira-1

Com muito humor e carisma, o cantor Jair Oliveira esteve no palco principal da Flink Sampa para a festa de encerramento, no último domingo (23/11). O cantor agradeceu o convite e a oportunidade de participar deste justo evento contra qualquer tipo de preconceito no mundo, em especial, racial. Ao final, uma fila de fãs quiseram visitá-lo no camarim para selfies e agradecimentos pelo show e por ter sido filho de um pai que deixa saudades, nosso eterno sabiá, Jair Rodrigues.

Continue Lendo

ImprimirEmail

realizacao

apoio

Copyright © 2014 FLINK SAMPA Afroétnica - Festa do Conhecimento, Literatura e Cultura Negra
How to get Coral Bonus full info