AFROBRAS, FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES E
MEMORIAL DA AMÉRICA LATINA
APRESENTAM

 AFROÉTNICA
FLINK - FESTA DO CONHECIMENTO, LITERATURA E CULTURA NEGRA

Patrocínio

patrocinio

Liberdade e Tolerância Religiosa em debate

enrisobel

A “Tolerância como escopo ético e jurídico da política educacional: a LDB e a liberdade de crença” é o tema central de um debate que reunirá juristas, educadores, religiosos e ativistas durante o II Seminário Internacional do Observatório da População Negra, promovido pela ONG Afrobras e pela Faculdade Zumbi dos Palmares.

Os debatedores são a professora Elzimar Maria Domingues, da Prefeitura Municipal de Uberlândia, MG e coordenadora do Núcleo de Estudos e Implementação da Lei 10639 “Núcleo de Educação em Direitos Humanos – NEDH/CEMEPE/SME”; o Rabino Doutor Henry Sobel – Ex Presidente da Congregação Israelita Paulista; Dojival Vieira - Advogado, Jornalista da Afropress – Agencia de Notícias; o Professor Doutor LaDaviaDrane, Executive Director, US. Congressional Black Caucus, Washington Dulles International (IAD);  e o Professor Doutor Lezli Baskerville, President & CEO, National Association For Equal Opportunity in Higher Education (NAFEO).

A mediação é do ex-Secretário da Justiça do estado de S.Paulo, Professor Doutor Hédio Silva Jr, da Faculdade Zumbi dos Palmares. O debate acontece dia 15 de novembro, das 13h às 15h, na sala I do Anexo dos Congressistas.

Renê Silva lança “A Voz do Alemão” em São Paulo

rene--voz-silva

O estudante Renê Silva ficou famoso ao divulgar, em tempo real, os conflitos no Conjunto de Favelas do Alemão, na Zona Norte do Rio, em novembro de 2010, no twitter “Voz da Comunidade”. Também é o criador do jornal Voz da Comunidade, premiado veículo de comunicação, que relata o cotidiano dos moradores do Complexo de Favelas do Rio de Janeiro. Transformou sua experiência no livro “A Voz do Alemão” junto com a jornalista Sabrina Abreu.

Na Semana da Consciência Negra, René Silva estará em São Paulo para participar do painel sobre Jovens Escritores da Flink Sampa, a Festa Literária Negra (dia 16, ás 18h, no espaço Circo). Após a palestra faz uma noite de autógrafo.

Ateliê Viva! participa do 1º FLINK Sampa

atelie-vivaO Ateliê Viva!, primeira empresa especializada na confecção de perucas, próteses, apliques e postiçaria (barbas, bigodes, costeletas, cavanhaques e outras) de implante fio a fio no Brasil, participa do 1º FLINK Sampa, uma festa internacional da cultura negra que acontece no Memorial da América Latina, em São Paulo, entre os dias 15 e 17 de novembro.

Adriana Almeida, proprietária do Ateliê, e sua equipe estarão com um estande, apresentando suas perucas e explicando um pouco mais sobre esse novo conceito de mudar as madeixas quando quiser, sem aparentar o uso do artifício, como diversas celebridades fazem. Os visitantes terão uma ideia real de como tudo funciona e de como é o tratamento oferecido àqueles que procuram pelos serviços do Ateliê Viva!.

"É importante mostrar e explicar os diferenciais de nossos produtos para desmistificar essa história de que quem usa peruca é logo identificado. Com a nossa técnica de implante fio a fio, conseguimos maior naturalidade nas peças, além de fazer todo um trabalho artesanal, pois as perucas são confeccionadas sob medida e exclusivamente para cada cliente", afirma a proprietária.